sábado, 19 de outubro de 2013

Resenha – Tony & Susan - Austin Wright



Livro: Tony & Susan - Austin Wright






Sinopse


Há vinte e cinco anos, Susan Morrow deixou Edward Sheffield, seu primeiro marido. Certo dia, instalada confortavelmente na casa em que mora, com os filhos e o segundo marido, inesperadamente ela recebe, pelo correio, um embrulho que contém o manuscrito do primeiro romance escrito por Edward. Ele lhe pede que leia seu livro: Susan sempre foi sua melhor crítica, justifica. Tony e Susan, de Austin Wright, publicado originalmente nos Estados Unidos em 1993, ganha nova edição, dezoito anos depois de seu lançamento, por se tratar, segundo seus editores, da “mais impressionante obra de arte da ficção americana desde Revolutionary Road, de Richard Yeats”, publicado no Brasil como Foi apenas um sonho. Ao iniciar a leitura, Susan é arrastada para dentro da vida do personagem Tony Hastings, um professor de matemática que leva a família de carro para a casa de veraneio no Maine. Quando a vida comum e civilizada dos Hastings é desviada de seu curso de forma violenta e desastrosa, Susan se vê novamente às voltas com seu passado, obrigada a encarar a própria escuridão e a dar um nome para o medo que corrói seu futuro e que vai mudar sua vida.


Resenha



Susan é uma mulher em seu segundo casamento de 25 anos que está na mesmice e morrendo a cada dia com a rotina, quando Susan recebe um livro rascunho de seu primeiro marido Edward para que ela possa fazer uma crítica da obra. Após muito relutar Susan decide ler o livro e acaba encontrando no livro uma identificação com o protagonista Tony e também traz muitas lembranças.

Nós leitores mergulhamos em duas histórias, a de Susan e a história do livro de Tony, é um livro dentro de outro livro o que me agradou muito, por muitas vezes cheguei a detestar o Tony vocês irão entender quando lerem o livro. 

Um livro que fala sobre medo, Susan se espelha no medo de Tony e encontra nele seus próprios medos do passado e do presente e principalmente do seu casamento atual.

Um livro inteligente, envolvente, com uma narrativa que me agradou bastante.

Recomendo a todos a leitura, principalmente quem gosta de livros que envolvam o psicológico.


Classificação